Educação Física convida: Ramirez Pala

Desde os anos 90, o atleta Ramirez Pala cultiva uma relação de paixão e de (muita) dedicação com a ginástica de trampolim. Com apenas 5 anos adentrou ao universo esportivo e não saiu mais. Foram mais de 10 anos sendo considerado um dos principais atletas da seleção brasileira, participou 3 vezes dos jogos Pan-Americanos e … Continuar lendo

Compartilhe!

Educação Física convida: Fernanda Dias Coelho

“Produtos esportivos que carregam mais que uma marca: uma causa!” Foi pensando na luta das mulheres por igualdade em todos os espaços, incluindo o ambiente esportivo, que a CEO, Fernanda Dias criou a marca #DeixaElaTreinar. Tempos atrás, enquanto praticava ciclismo sozinha, Fernanda sofreu assédio sexual. Em desabafo nas redes sociais, a empresária percebeu que não … Continuar lendo

Compartilhe!

Por que a educação física é a profissão do futuro?

Eu, como professor de educação física e nutricionista, sempre digo que a educação física é a profissão do futuro. Embora, possa haver discordâncias entre opiniões eu sustento meu posicionamento por intermédio de evidências.

As justificativas pelos quais sustento meu argumento de que a educação física é a profissão do futuro, podem abarcar diversas áreas, tais quais: escolas, clubes, spas, academias de ginástica ou lutas, personal trainer,  condomínios, resorts, colônia de férias, transatlânticos, box de crossfit, lutas, centros de reabilitação cardiometabólica ou do aparelho locomotor, centros de saúde primária ou secundária, hospitais e etc).

Porém, hoje vou me posicionar somente pela ótica da saúde pública, ok?

Compartilhe!

Inatividade física no isolamento: prejuízo muito além do sedentarismo

A falta de atividade física durante o isolamento provoca prejuízos para a saúde mental e também aumenta a idealização suicida. Eu como professor de educação física e nutricionista sempre digo que o melhor remédio para a melhora da saúde, que diga-se de passagem é o bem-estar físico, psicológico, social e espiritual. Algumas pessoas acreditam que … Continuar lendo

Compartilhe!

Estamos atendendo pelo WhatsApp

Seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, estamos trabalhando de home office temporariamente. Se precisar de atendimento, pode nos enviar um WhatsApp que responderemos o mais breve possível!