Módulos presenciais da AMIB em Cuiabá, São Luis e Vitória da Conquista

No fim de semana dos dias 17 e 18 de dezembro houve os módulos presenciais da pós-graduação em Medicina Intensiva AMIB, em parceria com a Faculdade EnsinE, nas cidades Cuiabá, São Luis do Maranhão e Vitória da Conquista

Em Vitória da Conquista, Bahia, aconteceu o módulo Neurointensivismo – CITIN, com carga horária de 20h.

A rotina do médico intensivista, como o nome já diz, é intensa, pois ele se envolve em todos os aspectos no cuidado com o doente e sua família, liderando uma equipe multidisciplinar.

Com objetivo de facilitar o diagnóstico, a monitorização e o tratamento do paciente, revisando os principais diagnósticos de internação, condutas e cuidados essenciais na prevenção de lesões secundárias.

Esse módulo permite conhecer as principais intercorrências neurológicas mais frequentes e estabelecer a importância de monitorar o paciente neurológico grave.

Veja a ementa desse curso muito importante na formação profissional do médico intensivista:

  • Anatomia do sistema nervoso
  • Metabolismo Cerebral
  • Métodos de monitorização do paciente neurocrítico
  • Método de imagem
  • Estados alterados de consciência: diagnóstico e conduta
  • Acidentes vasculares encefálicos isquêmicos e hemorrágicos
  • Tratamento fibrinolítico no AVE isquêmico
  • Hipertensão intracraniana
  • Traumatismo craniencefálico e raquimedular
  • Infecções do sistema nervoso central
  • Doenças neuromusculares
  • Estado de mal epilético
  • Morte cerebral e conduta na manutenção do doador de órgãos

Vitória da Conquista, famoso por sua produção cafeeira em virtude de seu clima privilegiado, hoje é a maior produtora agrícola do norte e nordeste do Brasil.

A educação deu um salto de qualidade e é um dos principais eixos de desenvolvimento educacional do país.

O comércio também se destaca e é considerada um dos maiores centros urbanos do país, com grande importância no contexto industrial.

A cidade também oferece um setor de saúde publica e privado muito bem estruturado e seu modelo de saúde pública tem servido de exemplo até mesmo em outros países.

 

São Luis do Maranhão também teve aula presencial da pós-graduação AMIB, com o módulo TENUTI, Terapia Nutricional em UTI.

O curso surgiu da necessidade de qualificação e desenvolvimento da terapia nutricional no paciente de UTI. Foi desenvolvido por um comitê de especialista para ser um curso de imersão com duração de dois dias.

 

Através de aulas teóricas e discussão e estudo de casos, o curso busca levar o conhecimento prático para dentro da sala de aula.

O conteúdo contempla a Nutrição de pacientes em UTI, que precisam de alimentação equilibrada e dietas específicas, nutrientes especiais, imunonutrição e indicadores de qualidade em terapia, sempre seguindo as normas da ANVISA, MS e AMIB.

As aulas promovem atividades científicas para propiciar o aperfeiçoamento dos médicos, ajudando a desenvolver neles o espírito observador e crítico capaz de desenvolver estudos, pesquisa e educação continuada.

Ementa:

  • Fisiologia dos alimentos.
  • Avaliação nutricional.
  • Calorimetria indireta.
  • Indicações de terapia nutricional (tipos e vias de acesso).
  • Nutrição parenteral e enteral.
  • Monitorização da terapia nutricional.
  • Suporte nutricional em situações especiais.

São Luis do Maranhão é uma cidade de clima tropical úmido, quer dizer, quente o ano todo. Com belas praias, é uma com o turismo bastante aquecido. Encontra-se também no encontro da floresta amazônica e a flora nordestina, o que faz com que a ilha de São Luis tenha uma incrível diversidade de espécies nativas tanto na flora quanto na fauna.

Lençóis Maranhenses

 

Cuiabá foi o terceiro destino das aulas práticas da pós-graduação em Medicina Intensiva da AMIB. Com aulas de Nefrointensivismo e Endócrino intensivismo, ambas com carga horária de 10h.

A lesão renal aguda, responsável por 30% das internações em UTI. Quanto mais grave o paciente, maior a chance de desenvolver insuficiência renal aguda. O grande problema é que muitos desses pacientes não podem se submeter à hemodiálise pode causar instabilidade da pressão arterial, o que inviabiliza o procedimento.

O tratamento nefrológico do paciente grave na UTI envolve uma equipe multidisciplinar formada por nefrologistas, intensivistas e profissionais de enfermagem especializados em UTI.

Ementa:

  • Distúrbios hidro-eletrolíticos (avaliação da volemia e eletrólitos mais importantes: Na, Ca, K, Mg e P).
  • Diagnóstico e tratamento dos distúrbios ácido-base.
  • Ânion-gap; gap osmolar.
  • Análise Stewart.
  • Rabdomiólise.
  • Diabetes insipidus.
  • Síndrome da secreção inapropriada do ADH e SIAD.
  • Síndrome perdedora sal.
  • Abordagem ao paciente oligúrico.
  • Insuficiência renal aguda: epidemiologia, fisiopatologia, prevenção e tratamento, métodos dialíticos.
  • Intercorrências comuns durante a terapia dialítica.
  • O módulo Endócrino intensivismo, também realizado em Cuiabá, visa aperfeiçoar a formação do médico intensivista para cuidar desde doenças ósseas a controlar e cuidar do bom funcionamento de todo o metabolismo, das doenças autoimunes e do perfeito funcionamento dos hormônios do paciente internado.

Os hormônios são moléculas produzidas nas glândulas endócrinas, atuando como mensageiros químicos que carregam informações importantes para o controle de todas as funções orgânicas.

Ementa:

  • Crise tireotóxica.
  • Coma mixedematoso.
  • Interpretando provas tireoidianas no paciente critico.
  • CAD.
  • CHHNC.
  • Coma hipoglicêmico.
  • Controle glicêmico na UTI.
  • Emergências no diabético: casos clínicos.
  • Insuficiência adrenal aguda no paciente crítico.
  • Manejo do paciente obeso na UTI.

Famosa por seu forte calor, as temperaturas, mesmo no inverno, são bastante amenas, mas o frio não demora a ir embora. Com economia representada pela agroindústria, destacando-se as lavouras de subsistência e hortifrutigranjeiros. Possui o 10° maior um PIB per capita entre as capitais.

Com lindos cenários naturais, como Chapada dos Guimaraes e o Pantanal, é um convite ao turismo e à apreciação da natureza.

Chapada dos Guimarães

 

Deixe um comentário

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp.