Introdução para uma Educação na Perspectiva Integral – Conheça as disciplinas da Pós Graduação em Desenvolvimento Integral

Saiba mais sobre a nosso curso de Introdução para uma Educação Integral

Engana-se quem acha que educação integral é simplesmente estender o horário de permanência de estudantes na escola. Inclusive porque se a escola possui um currículo e práticas pedagógicas desatualizadas, ao estender seu horário de funcionamento ela só vai difundir aquela educação que não vai impactar na sociedade.

Educação integral é um conceito profundo, que trata do desenvolvimento dos indivíduos através de estimular as diversas inteligências levando em conta todos os desafios sociais. Se você já leu Vygotsky e Piaget, sabe bem aonde queremos chegar.

A disciplina introdutória dessa pós-graduação então tem por finalidade trazer uma contextualização sobre o aumento da aceleração das mudanças que o mundo vem sofrendo e o quanto isso precisa estar refletido nas práticas pedagógicas das escolas.

O desafio:

O grande desafio aqui é: como a geração dos professores vai trabalhar todas essas compreensões com estudantes se eles próprios, não tiveram a oportunidade de se desenvolverem integralmente suas experiências estudantis? Não existe uma resposta simples, mas existem diversos dados cada vez mais aceleram a urgência em responder essa pergunta.

Um deles aponta para o fato de que a nossa saúde mental vem se degradando ao longo do tempo. Essas patologias crescem e  evidenciam  que a educação dos adultos de hoje não contemplou o desenvolvimento emocional, necessitando de espaços de diálogo e escuta ativa.

Para que isso se torne prática das escolas, existem métodos cientificamente comprovados que serão abordados ao longo do curso. Mas primeiro é necessária uma mudança de olhar para si. Quem é você no meio disso tudo? O objetivo dessa disciplina é responder essa pergunta.

Ao fim, serão quatro blocos que irão apoiar todas as reflexões dos estudantes: experiência, comportamento, relações e sistema. Sempre partindo da premissa de que os sistemas são formados pela combinação das experiências individuais, primeiro as pessoas devem estar inovando na relação delas mesmas.

É a partir desse modelo que pretendemos desenvolver integralmente os professores!

Compartilhe!

Deixe um comentário