Como usar o pinterest no seu negócio

Se você vem buscando referências ou inspirações para a sua marca, provavelmente já ouviu a seguinte frase: “ah, procura no Pinterest”. Isso porque o Pinterest é uma rede social de compartilhamento de imagens, então você encontra desde fotos de apartamento bem decorados a dicas de receitas.

Mas calma, o Pinterest não se limita a isso, tem espaço para diversos nichos, inclusive o seu! A rede pode ser usada para gerar conversões e aumentar o engajamento de qualquer negócio. Então, já passou da hora de você usar o Pinterest, né? Nesse post você encontrará dicas de como utiliza-lo.

O que é o Pinterest?

Pinterest é uma rede social de compartilhamento de fotos. Semelhante a um quadro de inspirações, os usuários são capazes de descobrir, salvar e gerenciar referências visuais. É possível encontrar e criar pastas (abertas ou fechadas) que reúnem fotos sobre um nicho específico como jogos, decoração, estilo, receitas, etc.

Apesar de ter surgido em 2010 como uma rede social, hoje a empresa se posiciona como a pioneira no mecanismo de busca visual do mundo, contando com mais de 300 milhões de usuários.

Em resumo, o Pinterest se caracteriza como um espaço de inspiração. Mas imagina se ao invés de você buscar inspiração na página, você ser referência para as pessoas?

Pinterest e negócios

Em 2018, as buscas por “motivação empresarial” (“business motivation”) aumentaram 199%. Houve também crescimento as buscas por termos como marketing para pequenas empresas (“small business marketing”, +181%) e planejamento para pequenas empresas (“small business plan”, +164%).

Ao perceber o nicho de marketing digital se movimentando na rede, o Pinterest desenvolveu funcionalidades próprias para empresas, como a conta business e as ferramentas de mensuração.

Mesmo que a rede não tenho o gigante alcance do Facebook e do Instagram, há cases de sucesso que demonstram como a rede pode ser não só uma fonte de inspiração para sua empresa, mas também uma ótima maneira de apresentar o seu produto. Um bom exemplo disso é a Mimoo Toys, uma loja online brasileira de brinquedos para crianças que utiliza o Pinterest como catálogo permanente da marca, assim como um blog, mas com muito mais visibilidade.

E as métricas não mentem:

  • 89%das pessoas usam o Pinterest para ter ideias de compras
  • 77% descobriram novas marcas ou produtos na plataforma
  • 98% experimentaram algo que encontraram no Pinterest.

Ou seja, ao produzir conteúdo no Pinterest, é possível que sua marca aumente sua base de clientes, construa uma relação mais próxima e ainda gere mais conversões.

Como começar?

Criar uma conta no Pinterest é bem simples, mas há detalhes para ficar atento. Para representar e atuar como marca na rede, é necessário criar um perfil comercial ou converter o seu perfil atual.

Ao criar a sua conta, você terá que selecionar 5 tópicos com temas do seu interesse. Nesse momento, é importante que você selecione temas que dialoguem com seu produto. Além disso, o Pinterest questionará o nome e o tipo de negócio que você representa. Você pode incluir um link para o seu site e integrar suas outras redes sociais.

Dentro do Pinterest, você pode incluir suas próprias imagens, sejam elas fotos, tutoriais ou infográficos. Mas a grande vantagem da conta business é poder ir além das postagens, utilizando recursos extras e adicionando detalhes ao seus pins. Vamos conhecer esses recursos?

3 recursos para usar já!

Desde o seu surgimento, o Pinterest já adicionou muitos recursos que tornam a experiência dos usuários mais completa. Mas não é só os usuários que ganham nessa: as marcas têm cada vez mais funcionalidades a sua disposição.

Conheça agora os principais recursos para você gerar negócios e conversões na rede.

Rich pins (pins avançados)

Os Pins avançados são botões que trazem informações adicionais sobre as imagens, indo além da legenda e link que existem nos pins comuns.  O recurso tem objetivo de melhorar a experiência do usuário e ajudar no engajamento.

Os Pins avançados são um produto gratuito disponível para qualquer pessoa no Pinterest. Existem 4 tipos, confira a diferença entre eles:

  • Os pins de produto mostram informações sobre produtos, preços, disponibilidade em tempo real e link de compra;
  • Os pins de receita informam ingredientes, o tempo de preparo, tamanho da porção;
  • Os pins de artigo adicionam o título, a descrição e o autor do texto;
  • Os pins de aplicativo  incluem um botão para instalar.

Shop the Look

Assim como os Pins de Produto, os pins Shop the Look também guiam o usuário para a página de compra. A diferença é que aqui você pode marcar diversos produtos em uma mesma postagem.

Os produtos são identificados no pin com um pontinho branco sobre os itens. Ao clicar nesse pontinho, os usuários tem informações do produto, como preço, disponibilidade e o link para compra. Esse recurso tem ojetivo de gerar tráfego e conversões de forma orgânica.

Pinterest Lens:

Apesar de não ser focado em shopping, O Pinterest Lens é uma potente ferramenta de busca visual para os usuários. Afinal, ele pode ajudar a encontrar um produto que você viu na internet.

Esse recurso, traduzido como “Busca pela Câmera”, funciona da seguinte forma: ao ver um objeto no mundo off-line, você pode usar a câmera do aplicativo do Pinterest para fotografá-lo. Assim, a plataforma busca entre os pins publicados na rede, imagens parecidas com o objeto fotografado, junto com o link para compra. Assertivo não é mesmo?

A união com recursos de venda torna a experiência do usuário mais rica e ainda o guia desde a pesquisa até a compra.

Dicas de Marketing no Pinterest

Agora que você percebeu a potencialidade do Pinterest em gerar negócios, está na hora de botar a mão na massa! Para ajudar sua marca e/ou empresa a ter um ótimo desempenho nessa missão, temos algumas dicas práticas recomendadas para cada passo no caminho: da pesquisa até a conversão.

Para expandir o negócio: organize os Pins em pastas e subpastas com palavras-chaves nos títulos. Além de apontar o seu nicho para o mecanismo de busca, fica mais fácil para os usuários interessados encontrar a sua marca. Vale ressaltar que os conteúdos no Pinterest são planejados com certa antecedência, então em caso de lançamento ou evento, é bom programar o conteúdo antes.

Para aumentar o reconhecimento da marca: tutoriais, listas e dicas úteis ajudam os usuários a entender como utilizar um produto e também trazem visibilidade a marca. Prova disso é o conteúdo que marcas como Tastemade, Natura ou Westwing estão criando no Pinterest. Observe o engajamento.

Para gerar conversões: para gerar vendas pelo Pinterest, utilize todos os espaços disponíveis de likagem. As imagens que sua marca publica devem sempre direcionar o usuário para sua loja virtual ou um texto em seu blog. O uso de links é muito importante nesse momento, visto que cria uma jornada de consumo para o usuário até se tornar de fato cliente.

E aí, gostou das dicas? Vai usar o Pinterest para impulsionar o seu negócio? Conta para gente!

 

Compartilhe!

Deixe um comentário

Estamos atendendo pelo WhatsApp

Seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, estamos trabalhando de home office temporariamente. Se precisar de atendimento, pode nos enviar um WhatsApp que responderemos o mais breve possível!