Atleta que treina em Juiz de Fora é medalha de prata nas Paralimpíadas

O nadador Gabriel Geraldo (Gabrielzinho) de 19 anos conquistou a primeira medalha do Brasil nas Paralimpiadas de Tóquio 2021 nos 100m costas da classe S2. O esportista que treina em Juiz de Fora, competiu a etapa classificatório ainda na noite de terça 24 e foi para a final com o tempo de 2min09s73.

Na prova principal, ele atingiu uma marca melhor ainda, com o tempo de 2min02,47 e trouxe o segundo melhor tempo na competição. O vencedor foi o chileno Alberto Abarza, com 2min00s40, a medalha de bronze ficou com o russo Vladimir Danilenko, com o tempo de 2min02s74.

Gabriel, que nasceu na cidade de Santa Luzia (MG), reside e treina em Juiz de Fora. O atleta, que tem uma doença congênita na formação regular de braços e pernas, deve ser um dos destaques do Brasil no Japão. No Parapan de Lima, em 2019, ele conquistou medalhas em cinco provas. Agora em 2021, ele conquistou sua primeira medalha olímpica.

“Ficou com gostinho de quero mais, mas eu dei meu máximo, me entreguei totalmente dentro da piscina. Tenho mais duas provas pela frente e vou me dedicar ao máximo pela medalha de ouro. A história do Gabriel Araújo só está começando”, disse Gabrielzinho ao SporTV, depois da prova.

Logo após a competição, o atleta se emocionou ao recordar da carreira como para-atleta e agradeceu todo o apoio de seu treinador juiz-forano Fábio Antunes.

Para ver mais matérias, siga a gente nas redes sociais

Compartilhe!

Deixe um comentário