Pós-graduação

PEDIATRIA

A Pós-graduação a distância em Pediatria prepara o médico para fazer atendimentos clínicos e hospitalares de crianças desde o nascimento até a adolescência.

Início do curso

22 de abril

Mensalidade

R$ 890

Modalidade

Ensino a distância

Cidade

Público-alvo

Graduados em Medicina.

Material didático

Biblioteca digital e conteúdo selecionado pelo docente disponibilizado na plataforma de estudos.

Certificado

Carga horária

390h

Por que fazer este curso

A Pós-graduação a distância em Pediatria prepara o médico para fazer atendimentos clínicos e hospitalares de crianças desde o nascimento até a adolescência.

A especialidade Pediatria tem um mercado de trabalho amplo e com grande número de pacientes, uma remuneração diferenciada das outras especialidades clínicas, assim trazendo uma qualidade de vida melhor para os profissionais da área.

O corpo docente é formado por Pediatras que são altamente experientes, que serão responsáveis por:

– elaborar vídeo-aulas,

– selecionar artigos de referência para leitura e discussão,

– mediar fóruns de discussão e atender às questões dos alunos.

Eles estarão ao seu lado, através do ambiente virtual, abordando as técnicas mais usuais e modernas de atendimento ao paciente, discutindo casos clínicos relevantes e os artigos científicos mais comentados no momento.

Você vai estudar com um time de docentes de alto nível acadêmico, que são professores universitários e de grande conhecimento teórico e prático da especialidade. A coordenação do curso será realizada pelo Dr. Eduardo Mekitarian Filho.

O Dr. Eduardo realizou o seu Pós-doutorado em Pediatria pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Também é Doutor em Medicina, Área de Concentração Pediatria, pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Mestre em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo. Ex-professor Colaborador da Disciplina de Discussão Integrada de Casos – UCD21 – Faculdade de Medicina da USP. Professor do curso de graduação em Medicina da Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). Graduado em Medicina pela Universidade Estadual Paulista – UNESP, com Residência Médica em Pediatria e Especialização em Terapia Intensiva Pediátrica pelo Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da USP.

Ele também possui título de especialista em Pediatria e Terapia Intensiva Pediátrica pela Sociedade Brasileira de Pediatria e Associação de Medicina Intensiva Brasileira. Instrutor do Pediatric Advanced Life Support (PALS), pela American Heart Association (AHA). Médico Intensivista pediátrico do Hospital Santa Catarina. Ex-membro do Departamento Científico da Pediatria na Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB/Biênio 2016/7) e professor do curso de Medicina Intensiva Pediátrica da AMIB, que é realizado nas principais Capitais do Brasil.

Recebeu o prêmio Top Ten pela AMIB, após pesquisa junto a todos os alunos da Pós-Graduação avaliando os  professores de todo o curso.

A ementa do curso aborda as principais  situações em que o Médico Pediatra convive em seu consultório, clínicas ou serviços hospitalares.

Mercado de trabalho

A proposta é habilitar o médico a atender toda a faixa etária Pediátrica, em atendimentos ambulatoriais eletivos, pronto-atendimentos, urgência e emergência, fazer sala de parto e acompanhamento do recém-nascido no alojamento conjunto em maternidades.

Urgências e Emergências em Pediatria (enfoque – PALS)
Aprender a sistematizar o atendimento da criança em emergência e discutir a ressuscitação cardiopulmonar, revendo os algoritmos do PALS (última revisão – Manual 2016).
– Apresentação do curso – objetivos do EAD – avaliação e TCC (obs. o preparo do TCC será objeto de módulo específico)
– A ciência do Suporte Avançado de Vida em Pediatria – as mudanças das diretrizes da American Heart Association de 2010 para 2015
– Importância do trabalho em equipe durante a emergência pediátrica: papel do líder da equipe
– Sistematização do atendimento na emergência pediátrica, fora do contexto de parada cardiorespiratória: conceitos gerais (ABCDE)
– Sistematização do atendimento na emergência pediátrica, fora do contexto de parada cardiorespiratória: conceitos específicos. Tríade: identificar, avaliar e intervir
– Sistematização do atendimento da criança em PCR: conceitos gerais. Ciência do suporte básico de vida (BLS). Uso do desfibrilador externo automático (DEA).
– Sistematização do atendimento da criança em PCR: conceitos específicos. O “CAB” da PCR. Compressões torácicas e ventilações – princípios e correta administração. Uso da máscara laríngea e intubação orotraqueal.
– Algoritmos de PCR em ritmos não-chocáveis – assistolia e AESP
– Algoritmos de PCR em ritmos chocáveis – fibrilação ventricular e taquicardia ventricular sem pulso
– Algoritmo de bradicardia com repercussão hemodinâmica
– Algoritmo de bradicardia sem repercussão hemodinâmica
– Aspectos éticos e legais em emergência pediátrica
Crescimento e Desenvolvimento da Criança
Compreender as etapas do crescimento e desenvolvimento de uma criança normal.
– Cuidados de saúde preventivos na criança.
– Tópicos básicos em aleitamento materno.
– Desenvolvimento normal.
– Crescimento normal.
– Transtornos do comportamento.
– Transtorno do espectro autista.
– Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.
– Dificuldades de aprendizado e de linguagem.
Adolescência
Compreender e avaliar as etapas do crescimento e desenvolvimento do adolescente.
– A “síndrome da adolescência normal”.
– A consulta do adolescente.
– Crescimento e puberdade.
– Desenvolvimento psicossocial no adolescente.
– Sexualidade.
– Gravidez e contracepção.
– Transtornos do comportamento no adolescente.
– Adolescentes em situações de risco.
– Adolescentes com deficiências.
Infectopediatria
Diagnosticar as doenças infecciosas mais prevalentes na criança e conhecer o tratamento adequado das principais doenças.
– Choque séptico – epidemiologia e critérios diagnósticos
– Choque séptico – fluxograma de tratamento da American College of Critical Care Medicine (2017)
– Febre sem sinais localizatórios – conceitos e epidemiologia
– Febre sem sinais localizatórios – algoritmo diagnóstico e tratamento
– Antibioticoterapia em infecções comunitárias.
– Antibioticoterapia em infecções hospitalares.
– Imunizações.
– A resistência bacteriana no cenário hospitalar atual.
– Arboviroses (Dengue; Zika; Chikungunya).
– Infecção pelo HIV/aids.
– Leptospirose.
– Toxoplasmose.
Dermatopediatria
Diagnosticar as doenças dermatológicas mais prevalentes na criança e prescrever o tratamento adequado a cada doença.
– Peculiaridades da pele da criança.
– Doenças exantemáticas – sarampo e rubéola
– Doenças exantemáticas – escarlatina, exantema súbito, eritema infeccioso
– Piodermites.
– Micoses superficiais.
– Lesões de contato em crianças.
– Acne.
– Dermatite seborreica.
– Psoríase.
– Urticária.
– Farmacodermias – eritema multiforme, síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica.
Gastropediatria
Diagnosticar as lesões de sistema digestório mais prevalentes na criança e prescrever o tratamento adequado para cada doença.
– Emergências: hemorragia digestiva alta e baixa.
– Emergências: abdome agudo
– Emergências: trauma abdominal
– Doença do refluxo gastroesofágico
– Esofagite e doenças pépticas.
– Diarreia aguda.
– Diarreia persistente e diarreia crônica.
– Intolerância à lactose.
– Alergia à proteína do leite de vaca.
– Constipação intestinal.
– Doenças hepáticas crônicas.
– Pancreatite aguda.
Pneumopediatria
Diagnosticar as lesões de vias aéreas superiores e inferiores mais prevalentes na criança e prescrever o tratamento adequado para cada doença.
– Infecções de vias aéreas superiores – resfriado comum, síndrome gripal, amigdalites
– Infecções de vias aéreas superiores – otites e sinusites
– Laringite aguda e laringite espasmódica alérgica – diagnóstico e tratamento na emergência.
– Bronquiolite aguda.
– Pneumonias adquiridas na comunidade.
– Asma – conceitos gerais e classificação.
– Asma – tratamento na emergência.
– Asma – tratamento ambulatorial.
– Derrame pleural.
– Fibrose cística.
– Abscesso pulmonar.
– Broncodisplasia.
Endocrinopediatria
Diagnosticar as patologias endocrinológicas mais prevalentes na criança e prescrever o tratamento adequado para cada doença.
– Cetoacidose diabética – epidemiologia e critérios diagnósticos
– Cetoacidose diabética – tratamento na emergência
– Hiperplasia adrenal congênita – diagnóstico e tratamento ambulatorial e em casos de emergência (“choque adrenal”)
– Alterações do crescimento
– Distúrbios puberais.
– Doenças da tireoide em crianças e adolescentes.
– Obesidade e síndrome metabólica.
– Síndrome de Cushing.
– Corticoterapia prolongada: indicações, consequências clínicas e desmame.
Nefropediatria
Diagnosticar as doenças renais mais prevalentes na criança e prescrever o tratamento adequado para cada doença.
– Distúrbios hidroeletrolíticos: distúrbios da água e do sódio
– Distúrbios hidroeletrolíticos: distúrbios do potássio
– Distúrbios hidroeletrolíticos: distúrbios do equilíbrio ácido-base.
– Distúrbios hidroeletrolíticos: distúrbios do cálcio, fósforo e magnésio.
– Infecções do trato urinário.
– Síndrome hemolítico-urêmica.
– Glomerulonefrites.
– Síndrome nefrótica.
– Lesão renal aguda.
– Hipertensão arterial.
– Lesão renal crônica: indicações e conhecimento dos principais métodos dialíticos.
– Hidronefrose fetal.
– Tubulopatias.
Neuropediatria
Diagnosticar as doenças neurológicas mais prevalentes na criança e prescrever o tratamento adequado para as mesmas.
– Abordagem da crise convulsiva na emergência
– Estado de mal epiléptico
– Convulsões em pediatria: principais síndromes clínicas (ênfase – convulsão febril).
– Trauma cranioencefálico: epidemiologia, classificação e principais apresentações
– Trauma cranioencefálico: algoritmo para decisão sobre utilização de exames de imagem
– Síndrome de Guillain-Barré
– Miastenia gravis
– Acidentes vasculares encefálicos.
– Cefaleias em pediatria.
Cardiopediatria
Diagnosticar as doenças cardiológicas mais prevalentes na criança e prescrever o tratamento adequado a cada doença.
– Taquiarritmias – diagnóstico e manejo emergencial (exceto às já vistas na Disciplina 1) – taquicardia supraventricular e ventricular com pulso
– Miocardites
– Endocardites
– Doença de Kawasaki
– Reconhecimento e manejo das cardiopatias congênitas não cianogênicas
– Reconhecimento e manejo das cardiopatias congênitas cianogênicas
– Sopro cardíaco em crianças
– Insuficiência cardíaca
Metodologia da Pesquisa Científica
-Introdução aos conceitos básicos da metodologia científica.
-A ciência e a produção de conhecimento.
-Os tipos de pesquisa e os instrumentos de coleta de dados.
-O projeto de pesquisa.
-Estilo da redação técnico-científica. Fundamentação teórica na construção do texto.
-Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. Citações: conceito, características e tipologia.
-Elaboração, orientação e entrega do Trabalho de Conclusão do Curso – TCC (artigo científico), que envolve o levantamento, a análise e a difusão dos resultados obtidos na pesquisa realizada pelo discente, obedecendo às normas e regulamentos metodológicos.

Perguntas frequentes

Preciso ter curso superior para fazer esta pós-graduação?
Sim. O aluno precisa ter curso superior completo para se inscrever no curso.

Esta pós-graduação é autorizada pelo MEC?
Sim. Este curso é autorizado pelo MEC e segue todos os seus requisitos.

Compartilhe!

Dúvidas? Envie uma mensagem e fale conosco!

PEDIATRIA

Matrícula: R$ 340

Planos de pagamento:
À vista R$ 15.219 12 x R$ 1.268,25 18 x R$890,00

Estamos atendendo pelo WhatsApp

Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, estamos trabalhando de home office temporariamente. Se precisar de atendimento, pode nos enviar um WhatsApp que responderemos o mais breve possível!